Reflexões


Quando amo a Deus, então...

... amo ao meu próximo!? Bem, não é bem assim, concorda?

Nas últimas semanas estamos aprendendo a amar Deus com todo o nosso coração, alma, entendimento e forças. A Bíblia diz ser este o “GRANDE MANDAMENTO”. Contudo, Jesus não para de esclarecer este mandamento. Cristo continua dizendo que agora precisamos aprender amar ao próximo. A Bíblia relata: “E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’” - Mateus 22:39. Neste momento, vamos, à luz da Palavra de Deus, entender que, amar ao próximo é expressão da verdade sobre o quanto amamos a Deus. “Se alguém afirmar: ‘Eu amo a Deus’, mas odiar seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão” 1ª João 4:20,21.
Nesta semana podemos ler e meditar a respeito do que João diz em sua primeira carta aos cristãos espalhados pelo mundo, para àqueles que tem Cristo como seu Senhor e Salvador. Para estes, a epístola diz assim sobre o amor de Deus:
“Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, visto que Deus assim nos amou, nós também devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor está aperfeiçoado em nós. Sabemos que permanecemos nele, e ele em nós, porque ele nos deu do seu Espírito. E vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho para ser Salvador do mundo. Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus. Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. Dessa forma o amor está aperfeiçoado entre nós, para que no dia do juízo tenhamos confiança, porque neste mundo somos como ele. No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor.” – 1ª João 4:7-18.
Como já mencionado acima, a partir de agora vamos expressar nosso amor ao próximo não com nossas forças, mas sim na força do Senhor que é amor. Podemos orar assim, como exemplo: ‘Pai, em nome de Jesus, me ensina a amar meu próximo assim como tu o amas, pois tenho aprendido que o Senhor não faz distinção de pessoas. Seu amor é incondicional. Me de um coração igual ao Teu para desenvolver um amor sem interesses pelo meu próximo. Em nome de Jesus, amém.’.


Um abraço de seu amigo,

Adriano dos Santos - Missionário e Ministro de Discipulado




Minhas forças?! Ah!


O ser humano tem força para muitas coisas. Quando precisa se superar em alguma coisa busca exercitar sua força, procurando o melhor exercício para chegar à sua meta. Contudo, vemos que sua força é limita. Em algum momento o corpo desfalece e a sua força se esgota. A Bíblia também mostra a limitação da força do ser humano. “Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem;” – Isaías 40:30.
Para termos um relacionamento melhor com Deus, Jesus disse que devemos ama-lo de todas as nossas forças. “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças.” – Marcos 12:30. A pergunta que não quer calar então é: ‘Como posso amar a Deus com toda a minha força sabendo que ela é limita?’. A força humana realmente é limita e logo se esgota. Mas o que Jesus quer dizer aqui, está no campo espiritual. Nossa força espiritual pode se fortalecer a cada manhã no Senhor. Você sabia disso? A única coisa que posso fazer é confiar e esperar em Deus para renovar minhas forças, então, o Senhor garante que terei êxito quando for para ama-lo de toda a minha força. “mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.” – Isaías 40:31.
Para aprender a confiar e esperar no Senhor para que minha força seja renovada, é preciso muito exercício, não físico, mas sim espiritual! A leitura diária da Bíblia é um exercício poderoso que Deus deixou para aqueles que desejam adquirir forças para adora-lo, enfrentar as dificuldades do dia-a-dia, enfim, nos dá ânimo até para exercitarmos o físico também.
Nossa jornada até aqui, está mostrando como podemos adorar a Deus com tudo o que temos e tudo o que somos, pois somos feituras Sua. A Bíblia relata isso! “Então disse Deus: ‘Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança.” – Gênesis 1:26a.
Podemos exercitar nesta semana uma reflexão poderosa que mostra a grandeza de Deus e de como Ele exalta e dá força a todos. “Davi louvou o Senhor na presença de toda a assembléia, dizendo: ‘Bendito sejas, ó Senhor, Deus de Israel, nosso pai, de eternidade a eternidade. Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo. A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas. Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos. Agora, nosso Deus, damos-te graças, e louvamos o teu glorioso nome.” – 1º Crônicas 29:10-13.
Vamos fazer como Davi, exercitar nossas forças no Senhor Deus?

Um abraço de seu amigo,

Adriano dos Santos - Missionário e Ministro de Discipulado









Como tenho entendido o sentido da minha vida?

Entender o sentido da vida é uma resposta que tem sido buscada pela humanidade desde de sua criação. Quando Jesus fala que devemos amar a Deus de todo nosso entendimento, como está escrito em Marcos 12:30, Ele quer dizer que devemos observar os ensinamentos que o mundo mostra e seus resultados e confrontar com os ensinamentos eternos de Deus e seus resultados. “O entendimento é a fonte de vida para aqueles que o têm, mas a insensatez traz castigo aos insensatos.” – Provérbios 16:22.
A perseguição ao conhecimento a respeito da vida, sem entendimento, leva-nos a ruína. (Gênesis 3:1-10), e conseqüentemente ao afastamento do Autor da Vida, Deus. “Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância em que estão, devido ao endurecimento do seu coração.” – Efésios 4:18. Desde então, o ser humano vive tropeçando em seus próprios caminhos. Deus, que é amor, sempre está orientando sua criatura a buscar o verdadeiro entendimento. “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas” – Provérbios 3:5,6.
Vimos nas reflexões anteriores que precisamos escolher como encher nossos corações, e conseqüentemente nossas almas, que carrega todas as nossas emoções orientando-nos o sentido de nossas vidas. É por isso que a Bíblia nos ensina que o coração, a alma e o entendimento são ferramentas que precisam trabalhar em unidade para o bom sentido da vida. O apóstolo Paulo instrui Timóteo e refletir sobre isso. “Reflita no que estou dizendo, pois o Senhor lhe dará entendimento em tudo” – 2ª Timóteo 2:7.
Se eu já tomei minha decisão de encher meu coração de Deus, dando o passo que a Bíblia diz em Romanos 10:9,10 que “Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa para salvação”. Jesus complementa isso dizendo: “Eu lhes digo: Quem me confessar diante dos homens, também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus.” – Lucas 12:8. Então, estou percebendo que minha alma está redescobrindo o sentido da vida. E agora, com o auxílio do entendimento de Deus sobre minha vida, vou conseguir trilhar meus passos rumo as conquistas que me esperam, e muito mais que isso, as que estão na eternidade com Deus para que eu venha desfrutar. “Sabemos também que o Filho de Deus veio e nos deu entendimento, para que conheçamos aquele que é Verdadeiro. E nós estamos naquele que é o Verdadeiro, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” – 1ª João 5:20.

Um abraço de seu amigo,

Adriano dos Santos - Missionário e Ministro de Discipulado








Como está minha alma?

A alma refere-se ao centro das nossas emoções. É nela que expressamos nossos sentimentos mais variados, como: medo, anseio, angústia, alegria, tristeza, raiva, compaixão. No Grande Mandamento, Jesus coloca que devemos amar a Deus de toda a nossa alma. (Marcos 12:30)
O que isso significa? Quer dizer que para podermos amar a Deus com toda a nossa alma, precisamos colocar todas as emoções da alma aos pés da cruz de Cristo, pois ele garante que nos dá descanso. “Tome sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas” – Mateus 11:29.
Essa é uma das lições mais difíceis a serem seguidas. Sabe por que? Bem, pelo simples fato de queremos enganar nossos sentimentos com mecanismos psicológicos que nos ajudam, em um breve período de tempo, a abafar ou mais frustrante ainda, a tentativa de esquecer situações mal resolvidas. A Bíblia nos ensina através de um homem que foi considerado segundo o coração de Deus que, qualquer sentimento que tenhamos, o melhor caminho é ir para Deus. Seu nome? Davi. Ele sabia que não podia esconder nada de Deus. Então, toda vez que sua alma estava abatida, Davi corria para os braços do Pai Celeste, encontrando assim descanso para sua alma. Em uma das citações, Davi questiona sua própria alma. “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é meu Salvador e o meu Deus.” – Salmos 42:11.
E interessante que quando isso acontecia, logo sua alma era refrigerada pelo Senhor. “Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma.” – Salmos 94:19.
Nesta semana podemos exercitar a promessa de Jesus que diz: “... e vocês encontrarão descanso para as suas almas”, mediante a confiança que iremos depositar todos os nossos sentimentos de qualquer natureza a Ele. Isso não vai ser fácil, contudo, vai nos ajudar a experimentar o mais sublime dos sentimentos que é amar a Deus de toda a nossa alma. Vamos tentar?

Um abraço de seu amigo,

Adriano dos Santos - Missionário e Ministro de Discipulado






Onde está meu coração?

Bem, o coração é o centro da vida, a Bíblia diz que tudo procede do coração, e que devemos estar atentos a isso. “Acima de tudo, guarde teu coração, pois dele depende toda a sua vida.” (Pv. 4:23). Jesus também diz: “... onde estiver seu tesouro, ali está seu coração.” (Mt. 6:21).
Neste momento podemos refletir sobre a orientação de Jesus, quando indagado a respeito do Grande Mandamento – “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o coração...”, disse Ele. A questão central é: Por que de todo coração? A Bíblia diz que a boca fala do que o coração está cheio. “O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração.” (Lc. 6:45).
Do que está cheio o seu coração? A resposta determina o quanto Deus ocupa em seu coração. Vale lembra que o Grande Mandamento diz: “... de todo o coração...”.
Amar a Deus de todo coração envolve vida no altar. Podemos chamar também de consagração e santificação.
Precisamos reeducar nossas vidas, enchendo-se do bom tesouro que Deus preparou para nós.
CONSAGRAR é um ato de entrega.
SANTIFICAÇÃO um ato de separação.
Deus chama seus filhos para esses dois pontos, pois Deus tem buscado verdadeiros adoradores. “No entanto, está chegando à hora, o de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes adoradores que o Pai procura.” (Jo. 4:23).

Meu desejo nesta semana é que possamos buscar o entendimento de como se encher de Deus, para que assim, possamos experimentar qual seja, boa, agradável e perfeita vontade de Deus para cada um de nós. Não se esqueça, Deus o ama e tem um propósito para você!

Um abraço de seu amigo,

Adriano dos Santos - Missionário e Ministro de Discipulado