Escola de Desenvolvimento Ministerial

Um tempo de crescimento espiritual e desenvolvimento do caráter de Cristo.

Escola Bíblica Discipuladora

Crianças aprende a Bíblia em Ordem Cronológica, contando histórias e fazendo as aplicações para sua realidade.

Encontros de Convivência

Jovens se reunem em diversos lugares para trocarem experiências relevantes de mudanças de comportamento e atitudes, com muita diversão e criatividade.

Discipulado

Através do conhecimento bíblico em ordem cronológica, pessoas têm experimentado a presença de Deus em suas vidas. Conhecem melhor as histórias bíblicas e trabalham para fazer novos discípulos.

3C

Somos um time que busca através do 3C - Capacitar, Compartilhar, Celebrar - ajudar pessoas a conhecer Deus e fazer sua missão onde estão inseridos.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Vídeos são mais uma ferramenta de reflexão


A família do ministério de Discipulado está com mais uma novidade para você, vídeos de mensagens bíblicas semanais. A intenção é ajudar você a refletir algumas questões do nosso cotidiano a luz da Palavra de Deus. Acesse o link YouTube e assista aos três vídeos postados com os temas:

Prioridades – Essa mensagem mostra a maneira de como devemos priorizar nossas vidas. A Bíblia relata o seguinte: “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” - Jeremias 29:11. Nessa mensagem vamos encontrar algumas dicas para viver o melhor de Deus nesta terra.

Ansiedade – Na exposição do tema, estamos de forma simples abordando orientações relevantes para viver uma vida mais sadia neste tempo de pós-modernidade. A Palavra de Deus nos ajuda a respeito desta situação. “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é meu Salvador e o meu Deus.” – Salmos 42:11.


Um coração dedicado a Deus – Ter um coração dedicado é ser grato pela vida que Deus nos dá. Uma pessoa consciente de seus atos e que entende a existência de Deus tem uma postura saudável no relacionamento com Deus e uns com os outros e consegue ter uma boca que abençoa outros. “O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração.” (Lc. 6:45).

segunda-feira, 19 de março de 2012


Culto para Surdos na IBS - Igreja Batista de Surdos
Sábado 17 horas - Reunião Discipulado
Sábado 18h30 - Culto dos Surdos
Domingo 9h30 - Escola de Libras e Estudo Bíblico
 



segunda-feira, 12 de março de 2012


Quando amo a Deus, então...

... amo ao meu próximo!? Bem, não é bem assim, concorda?

Nas últimas semanas estamos aprendendo a amar Deus com todo o nosso coração, alma, entendimento e forças. A Bíblia diz ser este o “GRANDE MANDAMENTO”. Contudo, Jesus não para de esclarecer este mandamento. Cristo continua dizendo que agora precisamos aprender amar ao próximo. A Bíblia relata: “E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’” - Mateus 22:39. Neste momento, vamos, à luz da Palavra de Deus, entender que, amar ao próximo é expressão da verdade sobre o quanto amamos a Deus. “Se alguém afirmar: ‘Eu amo a Deus’, mas odiar seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão” 1ª João 4:20,21. Leia mais nas reflexões

sexta-feira, 2 de março de 2012


Minhas forças?! Ah!

O ser humano tem força para muitas coisas. Quando precisa se superar em alguma coisa busca exercitar sua força, procurando o melhor exercício para chegar à sua meta. Contudo, vemos que sua força é limita. Em algum momento o corpo desfalece e a sua força se esgota. A Bíblia também mostra a limitação da força do ser humano. “Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem;” – Isaías 40:30. Leia mais nas reflexões...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012



Como tenho entendido o sentido da minha vida?

Entender o sentido da vida é uma resposta que tem sido buscada pela humanidade desde de sua criação. Quando Jesus fala que devemos amar a Deus de todo nosso entendimento, como está escrito em Marcos 12:30, Ele quer dizer que devemos observar os ensinamentos que o mundo mostra e seus resultados e confrontar com os ensinamentos eternos de Deus e seus resultados. “O entendimento é a fonte de vida para aqueles que o têm, mas a insensatez traz castigo aos insensatos.” – Provérbios 16:22. Leia mais nas reflexões http://discipulosemnarrativas.blogspot.com/p/reflexoes.html

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Deixando Deus agir


Neemias chegando a Jerusalém foi fazer o reconhecimento sem que ninguém soubesse de seus planos. Sua busca por Deus foi o grande segredo do seu sucesso na reconstrução dos muros de Jerusalém. A Bíblia diz: “O muro ficou pronto no dia vinte e cinco de elul, em cinqüenta e dois dias. Quando todos os nossos inimigos souberam disso, todas as nações vizinhas ficaram atemorizadas e abateu-se o seu orgulho, pois perceberam que essa obra havia sido executada com a ajuda de nosso Deus.” - Neemias 6:15-16
Claude V. King e Henry T. Blackaby, autores do livro “Conhecendo Deus e Fazendo Sua Vontade”, deixaram escrita uma citação interessante: “Com Deus você faz mais em seis meses do que sozinho em seis anos.”
Neemias passou por forte oposição, mas conseguiu enfrentar tudo porque estava focado no propósito de reconstruir os muros e a dignidade do povo.
A primeira lição que aprendo com isso é: A fé em Deus não nos tira do propósito D´Ele.
A segunda lição que aprendo com isso é: Com oração a obra de Deus toma o curso certo e chega exatamente onde o Senhor planejou.
A Palavra de Deus é sabia quando diz: “Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.” – Pv. 19:21. Temos a fé suficiente em Deus para prosseguir na sua obra em meio às oposições?







quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O preço do amor – parte 2


Neemias resolve, com a permisssão de Deus, ir reconstruir a Cidade de Jerusalém. O rei lhe concede cartas para passar pelas Cidades e pegar madeira. A primeira coisa que aprendo com esse texto é que Neemias saiu da sua zona de conforto para ajudar um povo a reconstruir a cidade.
Será que estamos dispostos a sair da nossa zona de conforto, em AMOR a Deus, para ajudar pessoas que estão com suas vidas destruídas?
A segunda coisa que aprendo com esse texto é que o rei entregou cartas a Neemias. Essa atitude é de alta confiança! Penso que o rei está dizendo: “Neemias, você está indo em meu nome para reconstruir Jerusalém. Faça um bom trabalho lá, e honre essa confiança.”
Como está meu testemunho entre as pessoas do meu convívio? Tenho credibilidade entre elas para fazer coisas importantes? Ou até confiar coisas para nós?
A Bíblia diz que o amor é pratica e não teoria. “Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.” 1 João 3:18